Hoje, be happy, love life!

16 12 2010

E simplesmente é isso! Se amarmos a vida, somos felizes.

A minha procura por um trabalho na área continua, mas eu sei que vai aparecer! Caso contrário, vamos fazendo pequenos biscates para “sobreviver” e manter-nos activos, mas admito que sinto uma certa necessidade de estímulo intelectual… Passageiro, espero! Estamos a lutar por isso!! Sugestões de como se procura trabalho? Associações, empresas,GESP, IEFP, sites, agências de trabalho temporário… Mais alguma ideia? É que estas já se encontram no meu dia-a-dia… É desesperante, admito! :S Entretanto, gostaria de ter tempo para respirar, tempo para os amigos e família, tempo para mim, tempo para ele… Talvez agora acalme um pouco!

Finalmente uma porta do passado fechou-se completamente. Mais um erro, mais um ciclo, mais uma lição… Mas foi tudo aprendido, digerido e fechou-se a porta definitivamente! E é um alívio quando olhamos para trás e conseguimos ver tudo o que conseguimos ultrapassar, todas as dificuldades e problemas, e que neste momento estamos aqui, em pé e de novo com um sorriso estampado no rosto. “Fecha-se uma porta e abre-se uma janela!” A porta fechou-se definitivamente e a janela, que antes se tinha entreaberto, deu lugar à porta dos fundos, agora completamente escancarada, tornada porta principal, mas com o alarme sempre activado! Venham por bem e serão bem recebidos… Caso contrário o alarme dispara, o cão morde e a porta é automaticamente fechada e juro que não há possibilidade de voltar atrás!

Baby-steps I used to say… Hoje continuo com os mesmos passinhos de bebé, um pouco mais confiantes, mas sempre pequeninos. A vocês que me amparam as quedas, que me dão a mão no desequilíbrio, que estão sempre por trás para qualquer eventualidade, apenas BEM  HAJA! Porque sem vocês hoje não estaria onde estou, hoje não seria quem sou e não teria o que tenho.

Anúncios

Acções

Information

One response

1 05 2011
ricardo rodrigues

“(…) A vida é uma dádiva e nos oferece o privilégio, oportunidade e
responsabilidade de retribuirmos com alguma coisa, ao crescermos.(…)”
Anthony Robbins in “D.G.I.”

keep it simple!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: