Hoje, mais uma…

21 12 2010

Desilusões acontecem… É a vida! Sobe-se, desce-se, sobe-se outra vez… Como tenho dito sempre ao longo dos últimos posts, o que temos de fazer é ver sempre o lado positivo das situações. Há sempre uma lição a tirar. Gosto de mim,no sentido que gosto da pessoa em que me tornei. Tenho a minha opinião, fundamento-a e defendo-a. Não me deixo influenciar. Sou teimosa, mas também um teimoso não o é sozinho. Raramente mudo a minha opinião/ponto de vista, é um facto. Porquê?? Porque se eu fundamento essa visão, é porque tenho argumentos para tal. Não vou mudar apenas porque me dizem “Porque sim!”. Se fundamentarem a V. opinião e se eu considerar que esses argumentos são mais válidos que os meus, poderei mudar, caso contrário, de que me adianta mudar se depois não tenho uma justificação? É bonito criticarmos os outros só por criticar, dizer coisas só por dizer… Mas quando toca a efectivamente explicar o porquê de tal crítica, ficamos sem palavras. Sou intransigente, teimosa, casmurra… Ao fim e ao cabo, querem todas dizer o mesmo. Mas sou assim porque aprendi a pensar bem antes de abrir a boca, para não me sairem coisas das quais mais tarde me possa arrepender, coisas que mais tarde não possa justificar, ou que simplesmente não têm nexo…Gosto de ter a minha segurança, saber que tenho argumentos para me defender, que nunca vou ficar de boca fechada por não saber rebater a minha opinião. Mas também sei dar o braço a torcer quando erro, por muito que me custe, e também admito quando as pessoas têm razão. Não admito muita coisa na minha vida, é um facto. Porquê? Porque eu faço as coisas muito ponderadamente, “não dou ponto sem nó”, peso os prós e os contras e só depois tomo uma decisão. Não posso pedir ao mundo inteiro que seja como eu, mas creio que as pessoas que me são mais chegadas e que me conhecem mesmo, o mínimo que podem fazer é preocuparem-se com as suas atitudes relativas à minha pessoa, da mesma forma como eu me preocupo com as minhas atitudes relativamente a elas… É o pensarmos um pouco nos outros e não só em nós… Apesar de em muitos aspectos da nossa vida precisarmos de ser egoístas, no que toca às pessoas que nos tocam e são especiais deveremos controlar um pouco essa necessidade… E isto é se quisermos ter uma relação saudável com essas pessoas…

Anúncios

Acções

Information

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: